sábado, 4 de julho de 2015

UM VERDINHO EM CASA NOS FAZ MUITO FELIZ!

https://www.pinterest.com



Botanicals by Nicole Franzen photography

Office space

Martina Thornhill

Nest

bathroom plants



La Casita de Paige Morse



Tortinhas de Linguiça Toscana - cooking

http://www.panelaterapia.com/



Eu não chamei de empada porque não usei a massa adequada para elas, utilizei a minha massa "1001 utilidades" que a receita eu já dei aqui.

Para a massa:
100ml  de água morna
50ml de óleo
1 colher (sopa) de açúcar
1/2 colher (sopa) de sal
1 colher (sopa) de fermento biológico seco (não é fermento de bolo, é o de pão)
2 xícaras (240ml) de farinha de trigo

Misture: o óleo, o açúcar, o sal e o fermento, junte a água morna, em seguida a farinha de trigo aos poucos, com as pontas dos dedos, não é preciso sovar muito, só alisar a massa. Faça os salgados que preferir, pincele gema de ovo e leve ao forno.

Recheio:
Eu usei o recheio de 4 linguiças toscana (é só retirar a membrana), nesta etapa você consegue retirar aqueles coágulos de gordura que ficam no meio da linguiça para ficar mais leve.
Refoguei com 1/2 cebola, 4 colheres (sopa) de bacon picado, 1/4 de pimentão amarelo, 6 azeitonas verdes picadas e 1 lata de tomates pelados. Deixei esfriar completamente para rechear as tortinhas.


Pincelei com uma mistura de 1 ovo batido, uma pitada de sal e 1 colher (sopa) de água e levei ao forno pré-aquecido em 200º até dourar. 
Usei forminhas de empada e nem foi preciso untar. A receita rendeu 20 tortinhas.

AVES E SEUS FILHOTES! photos











Como plantar gengibre em casa (é muito fácil!)

http://www.curapelanatureza.com.br/

-->
A fama medicinal do gengibre já existia na China há mais de 3.000 anos.

Muitos anos depois, ele chegou à Europa, que o levou para o restante do mundo.

No passado, o gengibre era um produto muito cobiçado e, por isso, bastante caro.

Na Inglaterra do século XIV, meio quilo dele poderia custar tanto quanto uma ovelha.

Hoje o gengibre é muito utilizado pela sua capacidade de acelerar o metabolismo, importante para quem quer perder peso.

Ele também possui atividade anti-inflamatória e analgésica, sendo por isso indicado para auxiliar o tratamento de inflamações e dores.

Ele tem muitas outras propriedades medicinais.

Por exemplo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) reconhece e recomenda o seu uso como remédio natural para enjoo. 

Além disso, é usado para tratar problemas digestivos, perturbações respiratórias, inflamação das articulações e dores menstruais. 

Normalmente nós compramos o gengibre na feira ou no supermercado.

Mas você sabia que é possível plantar gengibre em casa?

Não?

Pois fique sabendo que é.

E é isso que você vai aprender agora.

PLANTANDO GENGIBRE EM CASA: A SELEÇÃO DE UMA RAIZ

O gengibre encontrado no supermercado pode ser usado na propagação de mudas caseiras. 

Selecione os rizomas (raízes) que são grossos e lisos. 

Se a pele estiver seca e caindo, são sinais de que o gengibre pode ter sido armazenado por muito tempo, ou seja, está velho, o que impossibilita o seu replantio.


Se o gengibre já estiver brotando, melhor ainda, pois ele é uma potencial muda.

Escolhido o rizoma com a capacidade de ser semente, envolva a raiz em uma toalha úmida de papel e coloque-a num vaso.

Mantenha essa toalha sempre úmida.

Quando houver uma boa quantidade de raízes brotando, já poderemos plantar o gengibre.

O PLANTIO

Encha um vaso profundo com pelo menos 30 cm de profundidade e largura (e use uma bandeja de drenagem) com uma mistura de terra e adubo (esterco).

Um recipiente desse tamanho deve acomodar de duas a três raízes.


Plante os rizomas logo abaixo da superfície do solo e cubra com uma camada fina de terra (uns 2 centímetros). 

Mantenha o vaso num lugar com sombra se estiver no lado de fora da casa ou, se estiver dentro, num cômodo com baixa incidência de luz solar.

Inicialmente, regue com moderação, mas aumente assim que as raízes crescerem mais.

O gengibre gosta de calor e umidade.

Mantenha o solo úmido, mas não encharcado e em temperatura de pelo menos 23 graus.

Em 12 meses, os brotos devem ter cerca de 60cm a 70cm de altura. 

A COLHEITA

Se as plantas estiverem crescendo normalmente, os rizomas podem ser colhidos conforme a sua necessidade. 

Um pedaço da raiz pode ser cortado e o que sobrou, devolvido ao solo para um crescimento contínuo.

MUITA PAZ! reflection

sexta-feira, 3 de julho de 2015

COM TODO CHARME! crochet


Quadrado de Creme e Coco - cooking




Eu nem sabia que nome dar para essa receita porque fui inventando com o que eu tinha em casa. Depois que ela "nasceu" foi que eu batizei assim porque não se enquadrava em nada que eu havia feito antes. Não era um pavê porque a consistência era mais firme, não era um bolo porque eu fiz numa travessa, então virou quadrado de creme e coco. Mas tirando esse pequeno obstáculo do nome, devo dizer que ficou sensacional!!!! 

Eu comecei pela base que é um pão-de-ló. Já assei na própria travessa de vidro que montei a sobremesa. Usei uma quadrada e pequena daquelas tipo "marinex".  Tamanho 22cm X 22cm.

Receita do Pão-de-ló Fácil:
3 ovos;
3 colheres (sopa) de farinha de trigo;
3 colheres (sopa) de açúcar;
1/2 colher (sopa) de fermento em pó.
Preaqueça o forno em 180ºC.
Bata as claras em neve, adicione as gemas e bater até clarear. Retire da batedeira, acrescente a farinha, o açúcar e o fermento aos poucos e mexa até incorporar tudo. Unte e enfarinhe uma assadeira ou travessa de vidro e coloque a massa. Leve ao forno por cerca de 15 a 25 minutos (dependendo da potência do seu forno). Quando a superfície estiver dourada (mas não marrom escura) retire e reserve.


Receita do Creme de Confeiteiro (a minha moda ok?):
2 gemas
3 colheres (sopa) de amido de milho
300 ml de leite
6 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) de manteiga sem sal ou margarina 
2 colheres (café) de essência de baunilha

Misture as gemas (de preferência sem a pelinha) com o amido de milho e um pouco do leite (só para ajudar a dissolver o amido). Misture bem e reserve. Um fouet (batedor de arame) ajuda muito nesta etapa.
Leve ao fogo o restante do leite, o açúcar e a manteiga. Quando levantar fervura desligue e junte a mistura de gemas, mexa bem. Agora acenda novamente o fogo baixo e mexa até engrossar. Fora do fogo acrescente a baunilha. Deixe esfriar (geladeira ou freezer) só até chegar em temperatura ambiente.


Montagem:
Sobre o pão-de-ló espalhe uma camada de doce de leite. Usei um mais molinho e fiz uma camada fina que penetrou um pouco na massa. Em cima do doce de leite espalhe o creme de confeiteiro. Por cima polvilhe coco ralado (usei coco fresco triturado no processador).
* Por cima de tudo ainda polvilhei uns cristais de chocolate amargo com baunilha que comprei na Argentina, mas isso é só decoração, nem muda o gosto. 

Leve para gelar por 2 horas. Fica suave e muito delicioso! Dá vontade de comer a travessa toda!